Editora | Publisher
Cart 0

Charters de Almeida

The Book Hut editores

D. João Charters de Almeida e Silva GCHDM (Lisboa, São Sebastião da Pedreira, 22 de Julho de 1935) é um artista plástico português. Pertence à terceira geração de escultores portugueses. Usa os títulos de 4.º Conde da Baía e 3.º Conde de Oliveira dos Arcos, respectivamente.

Em 1956 iniciou o Curso Superior de Escultura na Escola Superior de Belas-Artes do Porto (ESBAP), onde teve como mestre Salvador Barata Feyo. Concluiu o curso em 1962, com média final de 20 valores. Nesse mesmo ano obteve o Prémio de Escultura Mestre Manuel Pereira do SNI.

Foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian e do Instituto de Alta Cultura. Trabalhou com o escultor Michael Challenger, em Londres. Em 1966 ganhou o Prémio Teixeira Lopes e o Prémio Imprensa. Em 1971 concorreu para o cargo de professor na ESBAP, tendo sido nomeado professor titular. Um ano depois abandonou essas funções para se dedicar exclusivamente ao trabalho de atelier.

Tendo explorado essencialmente o barro, sentiu necessidade de explorar as potencialidades do metal, mais tarde da pedra, e por último do betão.

Do ponto de vista estilístico, inicialmente o escultor desenvolveu uma linguagem plástica de diluída figuração e de tendência expressionista, frequentemente informal e de algum valor dramático. As suas obras prefiguram uma modelação abstracta, de pendor inteiramente não-figurativo, de grande rigor geométrico. Contudo há sinais de um certo biomorfismo herdado dos seus primeiros trabalhos.

Destacou-se com as obras em grande escala conhecidas por "Cidades Imaginárias", intervenções que chegam a atingir os 40 metros de altura e que podem ser apreciadas em parques e jardins de vários países. É o caso das peças metálicas pintadas a vermelho que, em Lisboa, dialogam com a paisagem da Ribeira das Naus ou da rotunda deTelheiras, das "Portas do Entendimento" concebidas para Macau, ou do conjunto escultórico instalado nas Ardenas, Bélgica.

É Grã-Cruz de Honra e Devoção da Ordem Soberana e Militar de Malta.

A João Charters de Almeida foi atribuído o grau de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Lisboa, a 11 de Março de 2013.[2]



Older Post Newer Post


Leave a comment

Please note, comments must be approved before they are published